quarta-feira , 16 junho 2021
Home / Notícias / STF inicia julgamento sobre Copa América no Brasil

STF inicia julgamento sobre Copa América no Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) começou a julgar na madrugada desta quinta-feira (10) as ações que pedem a suspensão da Copa América no Brasil em razão da pandemia. Até o momento três ministros já se manifestaram. Todos rejeitaram as ações que pedem o cancelamento do torneio no País. O julgamento ocorre em plenário virtual e os outros 8 ministros têm até 23h59 de hoje para registrar seus votos.

Relator de uma das ações, o ministro Ricardo Lewandowski votou por determinar que o governo apresente, em 24 horas, um plano “compreensivo e circunstanciado” com estratégias e ações para a “realização segura” do evento. Também votou por determinar que Distrito Federal, Rio de Janeiro, Mato Grosso e Goiás, além dos município do Rio de Janeiro, de Cuiabá e de Goiânia, “divulguem e apresentem ao Supremo Tribunal Federal, em igual prazo, plano semelhante”.

A ministra Cármen Lúcia, relatora de duas ações, votou pela rejeição dos dois pedidos, por questões processuais. O ministro Marco Aurélio Mello acompanhou o voto de Cármen Lúcia nos processos em que ela é relatora, mas ainda não não votou no processo sob relatoria de Lewandowski.

O julgamento

Três ações no Supremo questionam a realização do torneio no Brasil. Duas, sob a relatoria da ministra Cármen Lúcia, foram apresentadas pelo PSB e pela Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos. Uma terceira foi apresentada pelo PT. Nessa, o relator é o ministro Ricardo Lewandowski.

Fonte ISTOÉ

Sobre Daniel Renan Oliveira Silva

Veja Também

Anvisa analisa novamente pedido de importação das vacinas Sputnik V e Covaxin

A diretoria colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) avaliará nesta sexta-feira, 4, em reunião extraordinária às 14h, os pedidos de importação das vacinas contra covid-19 Sputnik V e Covaxin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *