Home / Destaque / Johnny Depp diz que Amber Heard cortou seu dedo ao arremessar uma garrafa de vodca nele

Johnny Depp diz que Amber Heard cortou seu dedo ao arremessar uma garrafa de vodca nele

Johnny Depp testemunhou nesta quarta-feira (20) que sua ex-esposa Amber Heard regularmente o “dizimava verbalmente” e, uma vez, jogou uma garrafa de vodca nele, cortando a ponta de um de seus dedos.

O artista, que depôs pelo segundo dia no caso de difamação contra Heard, disse que a relação deles começou a se deteriorar cerca de um ano após o casamento, em 2015. “De repente, estava errado em tudo”, disse o ator, de 58 anos, ao júri no Tribunal do Condado de Fairfax, em Virgínia.

Heard, uma atriz que teve papel de destaque no filme Aquaman, o “dizimava verbalmente” com uma “espécie de fogo rápido, um desfile interminável de insultos”, disse Depp. “Parecia puro ódio por mim.”

O ator, três vezes indicado ao Oscar e que foi casado com a texana de 2015 até 2017, disse que frequentemente se retirava para outro cômodo para fugir da ira da esposa.

“Simplesmente ia e me trancava no banheiro”, disse. “Se eu ficasse para discutir, tenho certeza de que escalaria para violência e muitas vezes isso acontecia. Em sua ira e sua raiva, ela atacava”, acrescentou.

“Começava com um tapa. Podia começar com um empurrão”, afirmou Depp. “Podia começar, você sabe, jogando o controle da televisão na minha cabeça. Podia ser jogando um copo de vinho na cara.”

Depp entrou com o processo depois que Amber, que fará 36 anos na sexta-feira (22), escreveu uma coluna para o The Washington Post, em dezembro de 2018, na qual se descreveu como uma “figura pública que representa o abuso doméstico”.

A atriz nunca citou o nome de Depp, que ela conheceu no set do filme Diário de um Jornalista Bêbado (2009), mas o ator a processou por sugerir que ele era um agressor e pede US$ 50 milhões em danos.

Heard respondeu entrando com uma ação em que reivindica US$ 100 milhões, alegando que sofreu “violência física e abuso desenfreados” nas mãos dele.

Durante seu depoimento, Depp relatou com detalhes um incidente que aconteceu enquanto filmava o quinto episódio de Piratas do Caribe, na Austrália. Heard voou para o país para ficar com ele, mas se irritou quando um dos advogados de Depp discutiu um possível acordo pós-nupcial.

“Estava furiosa. Estava possuída”, disse Depp. “Escalou e escalou e se tornou loucura, caos e violência.” Depp disse que estava sóbrio havia “muitos meses”, mas que depois da discussão tomou “duas ou três doses de vodca”.

Heard ficou chateada ao vê-lo bebendo novamente, disse ele, e jogou a garrafa em sua direção. A garrafa “quebrou por todas as partes”, disse Depp, que cortou a ponta do dedo. O ator afirmou que ficou em “choque” e começou “a escrever com o próprio sangue nas paredes”, “mentiras que ela me disse” e “pequenas lembranças do meu passado”.

Depp disse a um médico na sala de emergência que havia esmagado o dedo em uma “grande porta sanfonada” porque não queria que a ex-esposa tivesse problemas. Heard ouviu atentamente tomando notas ocasionais enquanto Depp testemunhava em voz lenta e comedida.

Na terça-feira, Depp disse que as acusações de abuso físico contra ele eram “atrozes e perturbadoras” e que nunca bateu em Heard. “Eu não bati em nenhuma mulher na minha vida”, acrescentou.

Em 2020, Depp perdeu um processo por difamação em Londres contra o tabloide The Sun, que o chamou de “espancador de esposas”. Os advogados de Amber afirmaram que Depp se tornava um “monstro” devido ao uso de drogas e álcool e agredia a atriz fisicamente e sexualmente.

Os advogados de Depp sustentam que as acusações tiveram “impacto devastador” em sua carreira. Ele teve que desistir de seu papel de Capitão Jack Sparrow em Piratas do Caribe e foi cortado da série Animais Fantásticos, baseada no livro da autora de Harry Potter, J.K. Rowling.

Depp estará sujeito a interrogatório pelos advogados de Heard depois que seus advogados terminarem de questioná-lo.

Em 2016, Heard pediu uma ordem de restrição contra Depp em meio a alegações de agressão. O divórcio foi finalizado em 2017.

Fonte: R7

Veja Também

EMPREGOS JARINU E REGIÃO

EMPREGOS JARINU E REGIÃO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.