Home / Destaque / Guerra entre Rússia e Ucrânia encaminha ao Corinthians segundo reforço: Maycon

Guerra entre Rússia e Ucrânia encaminha ao Corinthians segundo reforço: Maycon

São Paulo, Brasil

Du Queiroz, 22 anos. Muita força física, vibração, mas inexperiente, afoito. Ainda comete faltas desnecessárias. Se deixa levar pela pressão da torcida, da partida.

Cantillo, 28 anos, muito técnico, talentoso. Mas falta intensidade na marcação, na recomposição. Ainda mais jogando ao lado de Renato Augusto, 34 anos; Paulinho, 33 anos; Giuliano, 31 anos.

A análise dos volantes fez com que Vítor Pereira não só desse seu aval, mas que pedisse a contratação de Maycon, do Shakhtar Donetsk.Vítor Pereira evita confirmar contratação de Junior Moraes: “Só falo dos jogadores que estão aqui” – Este vídeo começará em0:13

O jogador de 24 anos, que começou no Corinthians, destaque do time campeão da Copa São Paulo de 2015, foi campeão brasileiro em 2017. E logo foi vendido, por 6 milhões de euros, cerca de R$ 33 milhões, para o Shakhtar Donetsk. 

Assinou contrato em junho de 2018 até junho de 2023. 

Foi bicampeão ucraniano, venceu a Taça da Ucrânia e a Supercopa da Ucrânia.

Era um dos destaques do time. Até que começou a guerra entre Rússia e Ucrânia.

Ele acabou liberado pela Fifa do seu contrato com o Shakhtar até junho, para que siga jogando. 

Por conta do que viu na Ucrânia, o jogador gostaria de atuar no Corinthians, enquanto a agência que administrava sua carreira, a B2F Marketing Esportivo, o queria na Europa. 

Houve o conflito e ele passou a trabalhar com a Pro Manager Sports e pela MV Sports, que concordaram com a possibilidade de um empréstimo, recebendo menos, até dezembro. 

Maycon surgiu com muito destaque no Corinthians. Vendido por 6 milhões de euros

Maycon surgiu com muito destaque no Corinthians. Vendido por 6 milhões de euros

CORINTHIANS

E para o time que ele deseja voltar: o Corinthians.

A situação está mais do que encaminhada.

O clube ucraniano, a princípio, aceita a transação.

Até porque não há a menor certeza de quando o futebol, no país em conflito, voltará a ser disputado.

A diretoria corintiana já considera o negócio praticamente fechado.

E também espera divulgar nas próximas horas a contratação, de Júnior Moraes, que atuava também no Shakhtar. Só que este está livre de contrato. 

O Corinthians está para ganhar dois reforços importantes.

Por efeito colateral da guerra entre Rússia e Ucrânia.

Vítor Pereira terá o jogador de área que queria.

E o volante de marcação, de ótimo passe, e intensidade.

Que precisava…

Fonte: R7

Veja Também

SP: polícia busca suspeito de assassinar estudante da Unicamp

O corpo da vítima foi encontrado em uma ribanceira com pedras. Mayara tinha ferimentos de faca no braço, mão, tórax e cabeça

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.