Home / Destaque / Anderson Torres fala em tomar providências contra filme de Gentili

Anderson Torres fala em tomar providências contra filme de Gentili

O ministro da Justiça, Anderson Torres, usou as redes sociais neste domingo (13) para criticar o filme Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola, disponível em plataformas de streaming. Torres afirmou ter determinado “que os vários setores do Ministério da Justiça adotem as providências cabíveis para o caso”. 

Ele disse que o filme de Danilo Gentili contém “detalhes asquerosos”. O longa é de 2017, mas entrou para o catálogo da Netflix em fevereiro deste ano. 

Gentili atua no filme e também assina o roteiro, ao lado do diretor Fabrício Bittar e de André Catarinacho. Outros atores da produção são Fábio Porchat, Bruno Munhoz, Daniel Pimentel e Carlos Villagrán.

O longa se tornou alvo recente de críticas por suposto incentivo à pedofilia. Neste domingo (13), os nomes de Gentili e de Porchat ficaram entre os assuntos mais comentados do Twitter devido à repercussão negativa do longa.

A cena que se tornou motivo de polêmica mostra o personagem de Porchat assediando sexualmente dois meninos. Nas imagens, o ator abre o zíper da calça e em seguida pega a mão de um dos garotos para aproximá-la de seu corpo, sugerindo que ele tocou seu membro.  

Fonte: R7

Veja Também

SP: polícia busca suspeito de assassinar estudante da Unicamp

O corpo da vítima foi encontrado em uma ribanceira com pedras. Mayara tinha ferimentos de faca no braço, mão, tórax e cabeça

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.